A recente alta de mais de 10% no preço do Bitcoin (BTC) pode não ter sido causada como um reflexo dos investidores de varejo animados com uma perspectiva de recuperação da maior criptomoeda

A recente alta de mais de 10% no preço do Bitcoin (BTC) pode não ter sido causada como um reflexo dos investidores de varejo animados com uma perspectiva de recuperação da maior criptomoeda do mercado mas, de um cartel de baleias manipulando o preço do criptoativos.

Segundo um relatório do TC compartilhado com o Cointelegraph, a melhoria das condições macroeconômicas ajudou a dar sustentação para o movimento de alta, mas certamente não originou esse movimento. A empresa destaca que a junto com a alta houve um fluxo comprador visível nos livros de ordem da Binance.

“Alias, houve rumores nas principais rodas e grupos cripto de que existiria um suposto cartel na corretora que estaria manipulando preços no mercado cripto. Não há qualquer base para uma alegação como essa. Entretanto há de fato uma mudança no padrão de compras do mercado. Pela primeira vez, o Bitcoin sobe devido a fluxo comprador no par BTC/BUSD na corretora Binance“, destacou.

A análise aponta que é possível identificar este movimento ao analisar o CVD (“cumulative volume delta”), que aumenta fortemente ao longo de todo o movimento no par BTC/BUSD, e cai no par BTC/USDT, também na corretora Binance.

“Curioso também que não houve impressão de novas stablecoins, o que geralmente indica dinheiro novo no mercado. Ou seja, aparentemente tratase de uma compra utilizando dinheiro que já estava em stablecoins do mercado cripto”, destacou.

Não houve impressão de stablecoins

Outro ponto detacado pela análise é que não houve impressão de novas stablecoins no mercado, o que pode indicar que não há ‘dinheiro novo’ entrando em criptomoedas mas apenas uma ‘troca de posições’ e com isso a atual alta coloca o BTC em um nível sobrecomprando.

“Foram mais de seis meses de redução na quantidade de stablecoins, e no último mês houve aumento de mais de 25% na capitalização dos criptoativos. Estes dois movimentos fizeram com que a proporção entre stablecoins e criptoativos se equilibrasse. O SSR (segundo gráfico) mensura justamente a velocidade dessa mudança, analisando a média móvel da oferta de stablecoins em relação ao total de criptoativos. Quando o número está alto, como agora, é uma evidência de que o mercado se tornou sobrecomprado”, destaca.

Diante disso a empresa destaca que é importante continuar monitorando o fluxo comprador advindo da Binance, pois, enquanto essa compra estiver em andamento, deverá superar quaisquer fluxos de realização de lucros, fazendo com que o mercado mantenha sua tendência de alta.

LEIA MAIS

VER ARTIGO ORIGINAL